quarta-feira, 2 de maio de 2012

Início da nossa história

Itália, país dos sabores, dos queijos, dos vinhos, da tarantela, dos meus (e de muitas outras pessoas) antepassados.

Inicio este blog para poder contar um pouco dos momentos que eu e meu marido passaremos aqui, para atualizarmos nossos familiares das novidades e também para auxiliar outras pessoas que como nós resolveram se arriscar e fazer o processo de cidadania sem a ajuda de um consultor. Mas primeiro um pouco da nossa história.

Há 1 ano e meio nós resolvemos resgatar nossas origens, arregaçar as mangas e correr atrás do reconhecimento da nossa cidadania italiana. - Para quem não sabe, a cidadania na Itália é pelo "Iuri Sanguini", ou seja, todos os filhos de italianos são italianos, não importando o país em que nasceu, tirando algumas restrições, essa cidadania é passada de geração em geração sem limite, depois coloco mais detalhes sobre as regras para a cidadania. - Por incrível que pareça minha família já tinha os documentos desde 1994, mas estavam guardados, esquecidos em uma pasta preta, juntamos os papeis e fomos verificar o que faltava ser feito.
Tinhamos duas opções:
1. Fazer o processo no Brasil através do Consulado -  impossível, fila de espera de mais de 10 anos!!!
2. Fazer o processo na Itália - leva de 4 a 6 meses em média.
Escolhemos fazer o processo na Itália, para isso foi preciso retificar sobrenomes, por conta de divergências nas certidões e esperar que o Consulado Italiano de São Paulo alterasse as regras para legalização de documentos, em fevereiro/2012 estávamos com todos os documentos em ordem e prontos para embarcar!

Ciao!

2 comentários:

  1. Muito legal, Alice, parabéns, muito saboroso o seu blog, continue escrevendo que ficamos fãs. Amamos e admiramos a terra dos nossos Sabbatinis (agora Sabatinos)! Suas dicas são ótimas.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada Renato, espero realmente que seja útil e que possam sentir um pouco o gostinho do que passamos aqui!! Bjs.

    ResponderExcluir