terça-feira, 29 de maio de 2012

Pisa e seus monumentos em mármore

Pisa é um Comune da região da Toscana, com cerca de 100 mil habitantes. De trem fica a 50 minutos de Firenze, 2h30 de Roma e daqui de Lucca a viagem levou 25 minutos. Foi por muito tempo, durante a época medieval, um centro comercial muito importante e era uma das Repúblicas Marítimas do século XI.

Descobertas arqueológicas revelaram a existência de um grande porto do período romano em seu subsolo,  foram encontradas mais de 30 embarcações, algumas ainda intactas e com as mercadorias que transportavam. Há 20 séculos encontrava-se a 4 Km do mar, o que fazia do Porto das Maravilhas o maior porto do Império Romano.

A cidade é principalmente conhecida pela torre inclinada, denominada Campanário. A inclinação da famosa Torre de Pisa começou logo após o início de sua construção, em 1173 devido a uma fundação mal feita em um solo fofo e instável. Foi concluída em 3 fases ao longo de um período de 177 anos, com as paralisações devido as constantes batalhas que Pisa se envolveu com Lucca, Firenze e Genova. É também uma cidade universitária, sendo sede da Universidade de Pisa, do ano de 1343.

Descendo na estação central, a caminhada até os pontos turísticos principais leva cerca de 20 minutos.Os pontos turísticos se concentram todos no mesmo local, conhecido por Campo dei Miracoli. Neste local encontra-se o Duomo, o Campanário, o Batistério e o Camposanto, que foi bastante prejudicado durante a Segunda Guerra Mundial devido a uma bomba que causou um incêndio no local. Após a guerra foi completamente restaurado. O Campo dei Miracoli é um símbolo da potência de Pisa da época medieval, tanto pela beleza dos monumentos quanto pela qualidade artística dos mesmos.

Para visitar os monumentos é necessário pagar, claro, mas é possível fazer pacotes. Os preços são variados e dependem da quantidade de monumentos que vai visitar, nós escolhemos dois monumentos para esta primeira visita, o Batistério e o Camposanto e pagamos 12 euros no bilhete para duas pessoas. Para visitar a torre custa 15 euros e são formados grupos que sobem os 294 degraus acompanhados de um guia. A subida é dura, mas a vista deve ser linda. O Batistério é gratuito no domingo de manhã, por isso resolvemos deixar para um domingo a subida na torre.

Agora algumas fotos:

Jardim do Camposanto (não se espante ao caminhar pelo Camposanto e perceber que está andando sobre túmulos)

 Escultura em Mármore em túmulo no CampoSanto

 Duomo visto do Batistério

Batistério ao fundo



Rio Arno

A cidade é encantadora e além dos monumentos famosos ainda conserva os belos prédios da época medieval, fato que é bastante comum aqui na Itália.

Baci a tutti e até o próximo post!



3 comentários:

  1. Oi Alice: parabéns pelo blog.
    Há dois pequenos erros nas fotos. Na terceira, é o Duomo visto do Batistério; na quarta, ao fundo é o Batistério.
    Abraços,
    Alessandro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alessandro, obrigada!

      Tem razão, obrigada pela correção, já atualizei!

      Abraços

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir