sexta-feira, 17 de julho de 2015

Esame attitudinale Ministero della Salute

Eccomi, finalmente posso dar boas notícias neste blog que está muito devagar. Dia 14 de julho fiz a tão esperada prova do Ministério da Saúde pra poder exercer a profissão de Nutricionista na Itália (lembrando que aqui é Dietista). E posso dizer com muita felicidade que eu passei na prova!!!!

Pra quem não lembra eu iniciei o processo em abril de 2013, em setembro do mesmo ano ele foi votado e somente em janeiro foi publicado no diário oficial italiano. A partir da publicação fiquei esperando a data da prova, que não teve no ano de 2014. Eles alegam que foi por um problema de convênio com a Universidade que deveria sediar a prova. Em junho recebemos a comunicação de que a prova seria no dia 14 de julho e que para participar teríamos que pagar 300 euros.

Agora explico um pouco como é estruturada a prova (a estrutura é a mesma para todas as áreas da saúde não médicas, não sei como funciona para os médicos).

Primeiro temos um prova escrita de múltipla escolha com 30 questões, essa prova é eliminatória e o valor mínimo para passar é 18/30. Após a correção da prova iniciamos a prova prática escrita, que é um caso clínico, no nosso caso foi uma paciente cirrótica malnutrida. Nesse caso clínico foi preciso fazer algumas contas, como BMI, peso ideal, definir o estado de nutrição da paciente e explicar todo o racional do atendimento nutricional desta paciente. No final do caso clínico foi necessário calcular a composição de macro e micronutrientes da dieta (no nosso caso eles pediam somente o sódio como micronutriente, vai depender do caso) e montar uma dieta utilizando a tabela de composição de alimentos que eles forneceram, para cada alimento a gente tinha que colocar os valores de macro e micronutrientes e fibra e depois o total.

Ao final do caso clínico saímos da sala novamente para a correção, quando voltamos cada uma foi chamada para a discussão do caso clínico caso fosse necessário e para uma série de perguntas orais em base ao material que cada uma deveria ter estudado (era diferente para cada candidato porque dependia do currículo universitário, experiência etc que eles avaliaram em cada processo).

Ao final não recebemos nenhuma nota, somente o parecer da comissão. A prova durou 5h no total. Aproveito pra recomendar um livro para as nutricionistas interessadas em fazer esta prova: Manuale di Nutrizione Clinica e Scienze Dietetiche Applicate. No final do livro têm várias questões de múltipla escolha (que eu não tinha visto) e algumas questões que caíram foram baseadas nessas questões, o conteúdo da prova é baseado nesse livro. Foi o livro que usei para me preparar, estudei por pouco mais de 15 dias e foi suficiente.

Espero que esse post seja útil pra quem está iniciando esse longo processo. Não desanimem com a demora, continuem se atualizando, façam cursos, especializações e frequentem congressos se puderem, é muito importante continuar a formar uma rede de contatos enquanto não estiverem atuando.

Pra quem não viu os posts anteriores referentes ao processo de reconhecimento da profissão de Nutricionista na Itália aqui estão os links: Parte 1, Parte 2. Vale lembrar que os passos para o reconhecimento de outras profissões não médicas são os mesmos, mas tem tudo explicadinho no site di Ministério da Saúde.

Vi saluto.

In bocca al lupo!

**********************AGGIORNAMENTO (atualização)*****************************
15/05/2017
Gostaria de aproveitar este post pra compartilhei com vocês que fiz um site pra divulgar o meu trabalho de nutricionista aqui na Itália. Ofereço consultoria para empresas e restaurantes além das consultas provadas para pacientes. O site é em italiano, mas se vocês puderem curtir e compartilhar eu agradeço.

www.dietistaparma.it

Grazie mille!

12 comentários:

  1. Parabéns,Alice!!!Complimenti!!!Que maravilha!!Só agora que li seu post...rs Fiquei super feliz em saber que você finalizou mais esse processo aqui na Itália.Me deu mais coragem para repensar na possibilidade de reconhecer o meu diploma também.Abracos :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marina,

      Muito obrigada!!
      Tbm estou mto feliz!!! Não desista não, eles são lentos mas acontece.

      Boa sorte!!

      Abraços

      Excluir
    2. Olá Alice... E se você reprovasse nas provas, você poderia fazer elas novamente???

      Abraços...

      Felipe

      Excluir
    3. Olá Felipe.

      Sim, pode refazer depois de 6 meses.

      Abraços,

      Alice

      Excluir
  2. Olá Alice, Primeiramente Parabéns, principalmente por ter persistido até o fim, porque é um processo completamente desgastante!! Eu estou a caminho. Tenho já comigo td a documentação que peguei no consulado. Agora estou meio perdida em como proceder e com medo das declarações de 3 meses vencerem. Eu sou formada em farmacia, e no meu caso é o ministerio da saúde como vc. O que n sei é se agora devo enviar os documentos pro ministerio ou pra uma universidade (encontro essas duas opções na net, e tenho menos de 2 anos de inscrição no conselho no Brasil). Se puder me ajudar com o proximo passo, agradeço muito! Já estou ficando louca com esse processo. meu email, se preferir é adryanarc@gmail.com. Deus abençoe vc grandemente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adryana. Se o seu processo é no Ministério da Saúde então vc segue as orientações do site do MS, olha esse link: http://www.salute.gov.it/portale/ministro/p4_8_0.jsp?lingua=italiano&label=servizionline&idMat=PROFS&idAmb=RTENC&idSrv=XD1F&flag=P

      Ciao

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. ola!
    Saber que alguem conseguiu da mais froça e animaçao para continuar. Eu sou formada em Biologia e estou iniciando o meu processo ainda com as Declaraçoes de valor. Eu tenho uma duvida, nesse seu post voce indicou um livro para o pessoal da sua area poder se basear e estudar para a prova, minha ducida è como voce descobriu que eles se baseavam neste livro. Eles informam a bibliografia ou os assuntos que devemos estudar para fazer a prova???
    email: piovani_lsg@hotmail.com
    obrigada e parabens tb pelo nenem. :)


    luana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana.

      EU indiquei o livro que eu estudei e que por acaso foi o livro que o pessoal falou lá na prova. Quem me indicou esse livro foram as nutricionistas daqui, eu perguntei pra elas que livro elas me recomendavam. Me falaram 2, um italiano e um americano (que eu já conhecia e que custa muito caro).
      Mas eles informam os assuntos sim e se vc pedir uma indicação de material eles informam.

      Boa sorte!

      Excluir
  5. Ciao, Alice! Acompanho o seu blog já faz alguns meses principalmente pela questão do reconhecimento do título de nutricionista! Moro em Padova e acabei de completar um ano na Itália. Não tinha me mexido ainda para fazer a equipollenza por diversos motivos mas principalmente porque não sabia se ficava por aqui mesmo e já sabia do nível burocrático de todo esse processo.

    Agora que comecei a rever isso tudo, tenho uma dúvida sobre os documentos exigidos! Aliás, mais de uma! Lá vai:

    1.) Daquele allegato D2-20, com os documentos necessários, nos itens 3 e 4 eles pedem "Copia autenticata del titolo di studio specifico per l'attività richiesta e Copia autenticata del titolo di abilitazione specifico per l'attività, qualora previsto dal Paese in cui il titolo è stato conseguito", não sei a diferença entre esses dois documentos! Poderia estar falando do registro no conselho de nutrição (tipo "Albo professionale") mas depois em outro item eles pedem esse documento também, então me perdi aqui!

    2.) Sobre o histórico escolar. Eles pedem "Copia autenticata dei programmi dettagliati degli studi compiuti per il conseguimento del titolo di cui si chiede il riconoscimento, nominativi e riferiti agli anni di studio con chiara indicazione delle ore effettuate (distinguendo tra ore di formazione teorica e ore di formazione pratica) e degli argomenti svolti per singola materia, rilasciato dalla Scuola o Università presso cui il titolo è stato conseguito.". O meu histórico escolar da graduação é composto do nome da disciplina, carga horaria, nota, frequencia e cada semestre composto do índice de aproveitamento semestral e acumulado. Será que já vale pra eles ou devo acrescentar uma descrição das disciplinas? Também, como disciplinas práticas tive apenas os estágios finais curriculares (um total de 3 estágios de 270 horas cada), mas não é muito claro no histórico escolar que aqueles estagios ali eram as minhas horas práticas e todo o resto horas teóricas...como você fez pra comprovar isso? Devo pedir uma declaração da universidade ou algo assim?

    3.) Eles estão pedindo uma "Dichiarazione di valore" em relação ao meu diploma. Você sabe se mudou algo em relação a este documento agora com o acordo de Haia? Eu tenho o diploma apostilado e traduzido, será que ainda assim deverei mandar junto a declaração de valor?

    E, última...
    3.) Eles pedem também "Certificato dal quale risulti descritta in dettaglio l'attività lavorativa eventualmente svolta successivamente al conseguimento del titolo di cui si
    chiede il riconoscimento (inclusi periodi di tirocinio pratico svolti)." e em relação a estes, tenho certificado de cada estágio que fiz na universidade, tanto curricular quanto extra...mas para as experiências profissionais é um pouco mais complicado. Tenho comprovantes, mas tipo, declarações feitas pelos responsáveis...será que se registro as assinaturas em cartório já faz valer? Ou deverei fazer a apostilação? Tenho também o registro na carteira de trabalho, mas como eles nem sequer tem um documento do tipo aqui na Itália não sei até que ponto poderia utilizar isso como comprovante! Ai, socorro!

    Obrigada por tudo, Alice! Você me dá esperança no meio dessa burocracia maluca! De repente te passo o meu email e se quiser, trocamos uma idéia! =D

    gabrielagou@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela, tudo bem? Só pra te falar que vou responder suas perguntas o mais rápido possível por email. Desculpe a demora.

      Abraços,

      Alice

      Excluir
  6. Ops, dois números "3", hehe! Até no número de dúvidas já me perdi...hahah

    ResponderExcluir